domingo, abril 18, 2010

CÁRCERE





Hoje foi um dia de comemoração para a sociedade. Um desordeiro de talento duvidoso foi preso nas imediações da biblioteca municipal, enquanto tentava substituir exemplares da História Nacional por impressos vagabundos e também escritos à mão de várias obras, tais como releituras do Antigo Testamento ilustrado com gravuras do Kama Sutra; pequenas receitas de explosivos caseiros utilizando gasolina, suco de laranja e detergente; uma versão do Livro Vermelho onde Mao é um travesti de meia-idade narrando suas aventuras sexuais ao longo da carreira política e o e "Manual do Auto-aperfeiçoamento sexual do viajante solitário", de autoria não informada.
O deliquente resistiu à prisão bradando ser o Monarca do Éter e Guardião do Poço das Volúpias, além de Terrorista da Filarmônica Meia-noite.
Será providenciada uma cela com isolamento acústico o quanto antes, visto que os impropérios proferidos por ele são "efervescentes e contagiosos para as famílias de bons costumes", conforme afirma o Secretário de Segurança. Até lá o anarquista será mantido em uma antiga cela para presos políticos que não foi usada nos últimos 30 anos mas ainda guarda a atmosfera elétrica dos choques e o aroma de óleo de motor. Testemunhas afirmam ter ouvido batuques e danças xamânicas, vindos da cela, outros ainda afirmam ter ouvido do próprio que antes do terceiro dia pregaria todos os pintores da cidade nas hastes da ponte nova, mas provavelmente isso se trate de boatos.
Hoje muitos cidadãos irão para seus leitos bem mais tranquilos.


6 comentários:

Nathy. disse...

Você é uma figura rara, menino. tô rindo aqui....
Beijos, se cuida.

renata disse...

Is good! Está linkado no meu lustre.

lustredecarne.zip.net

Oswaldo Jales Coêlho disse...

"Odeio reacionários" hauahuah

Beta disse...

Muito bom! :)

Fernanda disse...

Obrigada, obrigada e obrigada pelas licenças todas.

Hoje acordei com vontade de ler o meu convívio em diferentes tons. Te "re-encontrar" foi qualquer coisa assim, super-azul.

Hoje eu também vou para o meu leito bem mais tranquila.

Um beijo,

Dreamer disse...

Nathy: Rindo do infortúnio do pobre prisioneiro? tadinho. rsrsrs

Renata: Idem, querida, idem.

Oswaldo: É né? "vc é doente, clodomildo" [piada interna]

Beta: Obrigado ;)

Fer:A casa das letras subversivas está sempre aberta querida, leia, subscreva, azule-se ;)