quarta-feira, junho 06, 2007

PROVOCAÇÕES DE HUMOR CAPCIOSO

Elas são teimosas. Às vezes fúteis, desinteressadas, sorrateiras, escondidas. Mal-ditas. Malditas!

Palavras e sua intencional Arte-Sabotagem, seu incontrolável destempero ácido. Reacionarismo ortográfico...

Obsessão impressa de destruir a obsoleta tendência previsível das fileiras encarriladas desses grupos fonéticos de desalinho midiático. Esquerda? Nunca!!! A intenção é escapulir para as diagonais, transversais e retro-rotas. A dança quase erótica de letras perdidas, certeiras em desconstrução, provocação, questionamento.

Hiatos. "Hiato é o encontro de duas vogais tônicas num vocábulo, como em saída (sa-í-da). Os hiatos são sempre separados quando da divisão silábica: mô-o, ru-im, pa-ís." [Wikipedia]. Será o hiato mais um Cisma imaginário ou mero Apartheid silábico?

A vogal, liberação do ar em entonação, me foge junto do resto do fôlego. Perco vogais, consoantes, ditongos, tritongos...

... prefiro ser mais um rebelde adebto das românticas causas perdidas, desertor das construções escritas faladas ou vividas. Um agitador fonético-ortográfico das desconstruções nuas, entregues à bebida e à orgia imaginária entre os prazeres fúteis e puramente efêmeros das letras enfileiradas. Causar desconforto aos que tentam pensar reto e promissor Sultão da Inversocracia desalinhada dos bons e velhos Sonhadores.


Caminho sutilmente, espalhando Caos aos olhos que enxergam em viés inesperado. Antes isso que ver pelos olhos de um morto.


Assinado: a Poesia em Letras, que não só não está morta como bebe, fuma, grita e devaneia.

7 comentários:

Antônio Alves disse...

As palavras são deveras ardilosas, um campo minado em que os teimosos tentam ultrapassar. Ah, meu caro, como é lindo morrer pelas palavras malditas! Há braços



Antônio Alves
No Passeio Público
Postagens às quartas e domingos

Milla Loureiro disse...

Tomarei café aqui mais vezes...

venha até o meu!!

abç

disse...

as palavras mentem.
As cartas não mentem ...
Por isso, escrevo cartas com palavras, tudo repleto de meias verdades ...

Beijo

Priscila disse...

Sobre as palavras, acho que não tenho o que dizer.

Faltam-me silábas.

Gostei da sua forma de beber café.

p. disse...

voltei... em outra forma de escrever, ou não... mas senti saudades.
está linkado o seu no meu.
saudade de vc tb!
beijos,
Lua

Drikaflor disse...

Perfeitamente fascinante...saudades de você..beijão

Solange Mazzeto disse...

Muito bom...
virei mais
beijo