domingo, março 19, 2006

TEOREMAS INCERTOS E CORES REDUNDANTES.

Sentou-se na cadeira desconfortavelmente acomodado. Retirou mais uma daquelas lanternas da alma, com uma brasinha na ponta. Degustou lentamente o momento... sorriu.
Andava em uma luta contra a vida acordada e os sonhos, que descoloriam de vez em quando. Escrevia, escrevia... apagava, apagava e apagava. Só aquelas incertas não se apagavam, teimando em ficar ali, hora faiscando, hora dançando diante dos olhos, em seu caminho de subida incerto.
Adorava aquela sansação caótica, quando tudo parecia perder o controle. Sentia-se mais vivo. Sentia-se ainda ali.
Era intuitivo, bem sabido isso pelos transeuntes eventuais. Seguia as reticências adiante, com suas estrelas amarradas nos pés. Era uma caminhada longa até aquele sonho novo e colorido, cheio de possibilidades. Algo dizia, algo sorria. algo parecia...
Mas... há sempre um "a mais", entornando a taça e deixando escorrer o carmim seco sobre a toalha... onde dariam suas escolhas? onde dariam as escolhas que não eram suas?
o meio-caminho-perdido era dois algarismos anterior ao ponto de interrogação da variável inconsistente. Que seja bom, de cálculos ou de chute, e que o resultado não pareça com mais um teorema estranho ou fórmula embaralhada.
Dias de chuva chegam. se arco-íris ou trovões, só o tempo reticente dirá...
me viro do avesso.
[...]
o.

9 comentários:

Valéria disse...

as escolhas que não foram nossas podem parecer o avesso dos sonhos...mas...será??
beijo beijo

pedro pan disse...

,perder o controlar e virar do avesso. pode inté ser instigante por alguns instantes.
|abraços meus|

loba disse...

não sei se é importante saber onde dão as escolhas ou as não-escolhas. Talvez seja mais importante o caminhar com elas, nelas, por elas. E o avesso pode ter segredos instigantes! rs...
Lindo, lindo, lindo!
Muitos beijos

Claudio Eugenio Luz disse...

Uma narrativa de vertente fantastica. Gosto disso: quando o avesso é virado pelo outro lado.

hábraços

claudio

SaYô disse...

Maravilhoso teu texto..
senti
alegria
sorrisos
esperança
SENTI VIDA.
Um bj

Rosa Magalhães disse...

Desamarrar as estrelas e pisar no infinito às vezes pode ser o mais acertado... Bjos.

loba disse...

Recebi! Amei, amei amei! Tá lá postado! rs...
Beijo e beijo. E brigadão, viu? Vc é umsobrinho muito lindo e querido!

Anucha disse...

eita, tô vendo que já é "querido" da loba, hein? bacana, régis. fico feliz. ei, agora tá o maior toró aqui em teresina, né? e eu fico me perguntando onde tá esse moço do café que nunca diz "oi" pra mim aí na rua... beijos

eLa disse...

obrigada por tudo.