segunda-feira, julho 10, 2006

suspiro perdido e apressado.

Aquela maneira corrida de andar, somada à forma como olhava com olhos de quem vê tudo-ao-mesmo-tempo-agora, era um terrível contraste com o jeito manso de falar.
Passadas longas e silenciosas, parecia cruzar sempre obstáculos imaginários e disputar uma maratona invisível.
Andava com a cabeça longe e o sorriso guardado para telefonemas inesperados [e os esperados também, porque até as surpresas sabidas tem gosto de jujuba]. De tanto correr com aqueles envelopes amarelos pra um lado e outro, terminava ficando longe das palavras adestradas do mundo de zeros e uns, suas e alheias. Passeava sempre, mas falava nada. Ninguém podia recriminá-lo por ser estranho...
Hoje por acaso, escapuliu da zona esburacada do front pra dar um suspiro corrido e dizer pros olhos curiosos: "- estou sonhando mais do nunca" ainda que completasse secretamente com "- e dormindo menos ainda".
Deixava guardada uma promessa de novas palavras enfileiradas muito em breve [ou não...], e pra cobrir o buraco dos dias sem letras, recorria ao baú perdido, onde as coisas já ditas fazem festa.

"SALTOS QUÂNTICOS

Pulou tão alto que bateu a cabeça na estrela.
Ela explodiu em pó cintilante. Uma aquarela de intermináveis desejos.
Misturavam-se os sonhos e os pedaços da estrela...
O engraçado, é que de tão teimoso que era, mesmo com um galo na cabeça e os desejos espalhados, daria outro pulo."
[publicado originalmente no meu primeiro fotolog, um dia desses na vida.]
......
[feliz dia.amo.amo...]

6 comentários:

Claudio Eugenio Luz disse...

Zona densa, enigmática e no estilo fantastico. Gosto disso.

hábraços

eLa disse...

Jujuba é mto bom.
Estar feliz e amar, mais ainda! (ou será a ordem inversa?)
Poeira de estrelas, então...
Brilho nos olhos.
Eu gosto de vc, menino, e sinto saudade de nossas conversas...
A vida está se encaminhando para outra mudança de ruma e estou mto feliz tb... Medo faz parte de toda a minha jornada, mas os enfrentamentos são a única forma sincera de crescimento.
(Fiz mais duas tatoos!)
bjo!
Beijo!

Ars Littera disse...

A Arte Independente o convida, não muito cordialmente, é verdade (mas quem se importa?), para uma visitinha -- quase, quase -- sem segundas intenções: http://www.arslittera.com/

Ars Littera

(Stardust)

Drika disse...

O ser humano não passa de um nó de relacionamentos.

Cada palavra que leio sofro por chegar ao fim e não mais lê-las...bjs
sou sua fã
sempre

roseane disse...

E eu queria que desse o ar da graça mais vezes por aqui com palavras tão lindas... Beijo!

Amália disse...

E eu acho mais fácil eu descobrir o último algarismo do número "pi" do q decifrar a verdade por trás de suas palavras...
Bjinhos =)

ps: e olha q eu sou pessima em matematica hehehe