sexta-feira, dezembro 02, 2005

VARIAÇÕES NA MADRUGADA.

Minha insônia me consome e meu cigarro vira fumaça. Dá pra fazer um verso com isso?
Se nao der, que se esconda no azul bruxuleante que sobe, um ou dois tons, disfarçados de poesia [para espantar o tédio] e viaje até meus olhos.
Decidi que quero ser basquiat e pichar uma "psicodélica baiana".

Um comentário:

ju disse...

um verso dá sim, mas o lirinha já fez.
=p